Receba nosso boletim
Twitter

Defender o Porto Sul é defender o povo baiano

Melhorar a vida das pessoas, transformar a economia, gerando emprego e distribuindo renda para todos. Esses são alguns dos benefícios que a implantação do Porto Sul representa para Ilhéus e região.

Trata-se de um Complexo Logístico Intermodal, onde estarão integrados um Porto com dois terminais – um público e outro privado, a Ferrovia da Integração Oeste-Leste, com 1,5 mil quilômetros de extensão, ligando Ilhéus (BA) a Figueirópolis (TO), o novo Aeroporto Internacional de Ilhéus, uma área industrial nas imediações da BR-101, novos acessos rodoviários e o Gasoduto Sudeste-Nordeste (Gasene).

O projeto é ambicioso e integra o Sul da Bahia e o Brasil, a uma nova rota de desenvolvimento sustentável. O porte do Porto Sul e o impacto econômico que vai exercer sobre o estado da Bahia são fantásticos. A economia baiana, e principalmente a de Ilhéus, terá uma nova dinâmica, um conjunto de fatores dão a certeza de que será um sucesso.

O Porto Sul estimula o turismo, amplia a economia, liberta a região da dependência da cultura do cacau, atrai novas empresas, gera empregos, estimula o comércio e novos negócios, garantido o desenvolvimento regional. O Complexo Logístico Intermodal Porto Sul é um verdadeiro catalizador de ações que revitaliza e impulsiona o sul baiano.

Defender o Porto Sul é defender a dignidade das pessoas, é pensar grande e para frente. É entender que Ilhéus e toda a região vão se tornar economicamente competitiva junto com o seu povo.

Ao contrário do que poucos alardeiam, o meio-ambiente também ganhará com o Porto Sul. O Complexo será construído com base em um modelo sustentável, respeitando o meio ambiente e as pessoas. O impacto será mínimo diante do que representa o Porto Sul.

Curiosidade
Mais de 80% da população apóia a instalação do Porto Sul. Apesar disso, recentemente, a rede Globo deu destaque a uma ação de um pequeno grupo contrário ao projeto. A quem diga que foi devido a um integrante da família Marinho e um grande empresário possuírem terras na região e quererem defender interesses pessoais. É mole?!     

Fiol
Na Bahia, a Ferrovia da Integração Oeste-Leste facilitará o escoamento de grãos, minérios e biocombustíveis produzidos no oeste, sudoeste e sul do estado, além de se consolidar como uma alternativa de escoamento da produção agroindustrial do Centro-Oeste brasileiro. Quanto à importação, a ferrovia transportará fertilizantes agrícolas, derivados de petróleo do litoral para o oeste baiano e outros insumos.

Segundo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em visita recente ao estado, a estimativa de investimentos apenas no trecho baiano é de R$ 4,5 bilhões e estão garantidos pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). Quanto à construção, a empresa do governo federal Valec – Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. prevê a conclusão das obras em 2012 e a geração de 30 mil empregos diretos.


Pé na estrada, rumo à vitória

Tenho andando muito pela Bahia, visitado amigos, conversado com muitas pessoas, abraçando e recebendo fortes abraços. Mas, muito mais que isso, tenho defendido ideais. Desejos de várias gerações. Vontade de melhorar ainda mais nossa Bahia e nosso Brasil. Tenho me emocionado e empolgado a cada dia com a campanha. E olhe que está apenas no início.
 
Confira onde vou estar nos próximos dias
 
Guanambi: quinta e sexta, 8 e 9 de julho
Camaçari: sexta, 9 de julho
Santa Maria da Vitória: sábado, 10 de julho
Serrinha : sábado, 10 de julho
Canavieiras: domingo, 11 de julho


Lideranças de Lauro de Freitas marcam presença em plenária popular

 
Lauro de Freitas é uma cidade muito importante. Localizada na Região Metropolitana de Salvador, sua posição é estratégica para o desenvolvimento da Bahia. No último sábado (3-7), participei de uma plenária popular onde mais de 100 lideranças transmitiram as demandas da cidade a mim e ao vereador Lula Maciel, candidato a deputado estadual pelo PT.
 
A atividade foi participativa e qualificada. Ambientalistas, representantes da Central dos Movimentos Populares, de cooperativas, da Secretaria da Mulher da cidade, do mandato da deputada Fátima Nunes, e o presidente do PT em Lauro de Freitas marcaram presença.
 
O município de Lauro de Freitas tem conseguido gerar empregos e distribuir renda de forma justa, tem dado atenção especial a educação e a saúde, vem avançando muito nos últimos anos, porém, é necessário que a Assembléia Legislativa e a Câmara dos Deputados contribuam mais com a cidade, elaborando projetos que melhore a vida de toda a população. Para isso, é que nesta eleição, políticos comprometidos com o povo e com a cidade precisam fazer frente às velhas oligarquias atrasadas que ainda tentam se manter e prejudicar cada trabalhador e trabalhadores de nossa Bahia.
 
Clique aqui e confira mais fotos 


Fique atento: a campanha eleitoral já começou

Confira no link abaixo o modelo de autorização de propaganda eleitoral em muros e carros. O modelo pode ser utilizado também para propaganda com faixas e placas.

Modelos: autorização de propaganda eleitoral em muros e carros


Modelos: autorização de propaganda eleitoral em muros e carros

AUTORIZAÇÃO
Eu, _______________________________________________________________________, documento nº ______________________________ proprietário/responsável pelo imóvel situado à Rua / Av. _______________________________________________, bairro _________________________ na cidade de Camaçari, estado da Bahia, autorizo a veiculação de propaganda eleitoral, assim como especificado abaixo, do candidato à deputado federal, Josias Gomes, deputado (a) estadual, _____________________, governador, Jacques Wagner, senadores, Walter Pinheiro e Lídice da Mata, presidente, Dilma Rousseff,  nas Eleições do ano de 2010.
 
(   ) PINTURA   (   ) FAIXAS    (   ) CARTAZES     (   ) PLACAS     (   ) INSCRIÇÕES
 
Conforme dispõe o Artigo 37, do parágrafo 2º da Lei 9504/97.
 
_____________, ____ de ______________________ de 2010.

__________________________________________

Proprietário ou Responsável pelo imóvel
 
AUTORIZAÇÃO

Eu, ____________________________________________________________________, documento nº __________________________ proprietário/responsável pelo automóvel _________________________, placa _______________________, licença de _________________________, autorizo a veiculação de propaganda eleitoral no veículo citado acima; do candidato à deputado federal, Josias Gomes, deputado (a) estadual, __________________________, governador, Jacques Wagner, senadores, Walter Pinheiro e Lídice da Mata, presidente, Dilma Rousseff,  nas Eleições do ano de 2010.

Conforme dispõe o Artigo 37, da Lei 9504/97.

________________, ________ de _______________________ de 2010.

__________________________________________
Proprietário ou Responsável pelo veículo


“Josias Gomes é o deputado mais retado da Bahia e um dos melhores políticos do Brasil”, afirma Caetano

Durante plenária em Salvador, Luiz Caetano, prefeito de Camaçari e coordenador da campanha do governador Jaques Wagner, afirmou que Josias Gomes é um dos melhores políticos do Brasil (assista o vídeo). Caetano defendeu a candidatura a deputado federal de Josias e declarou que “não podemos vacilar e deixar o companheiro com o prestígio de Josias fora do Congresso Nacional”.
 
De acordo com Caetano, Josias ajudou a construir o governo Lula e é um dos responsáveis pelo desenvolvimento do país. “Ele ajudou o governo Lula, pelo trabalhado e pelo poder de articulação dele. Tentaram derrubá-lo. Mas ele é resistente e continuou se articulando”, comentou. 
 
Caetano lembrou quando concorreu a presidência da União dos Prefeitos da Bahia (UPB) e declarou a admiração por Josias. “Na disputada da UPB a melhor coisa que construir foi me tornar amigo de Josias Gomes. Josias é companheiro, competente, comprometido, que dá assistência, é articulador político, é inteligente, por isso é que tem gente que tem medo que ele ganhe a eleição”.
 
Eleger Josias Gomes deputado federal é garantir a representação do povo no Congresso Nacional, frisou Caetano. “Trazer Josias para ser deputado federal não é mais tarefa dele é de todo mundo. Precisamos colocar Josias no Congresso para nos representar lá em cima”, disse o prefeito e coordenador de Wagner.
 
Primeira parte da plenária 

Segunda parte da plenária


2 de Julho: luta de um povo por liberdade

O 2 de julho representa a independência da Bahia, data que o baianos deram um basta na dominação de Portugal. Em 2010, comemoramos 187 anos da luta. A importância histórica desse dia para o povo baiano é enorme. Foi no 2 de julho que o sentimento federalista emancipador do povo brasileiro teve seu desfecho pela inserção na formação da unidade nacional durante a Guerra da independência do Brasil.
Recentemente, o governador Jackes Wagner instituiu o Hino ao 2 de Julho como Hino Oficial da Bahia, diga-se de passagem um justa homenagem. Após a libertação dos portugueses o estado enfrentou diversas ofensivas a exemplo da ditadura militar e do sistema oligárquico encastelado na Bahia pela família Magalhães. Juntos, esses períodos somam cerca de 50 anos. Porém, os baianos superaram e seguem crescendo.
Tradicionalmente, o 2 de julho é um dia de protesto, mas também de celebração.   Famílias inteiras festejam a data por todo o trecho do desfile cívico, percurso que se estende do largo da Lapinha até a Praça da Sé. Lembram também dos heróis da nossa luta pela independência, como o Caboclo e a Cabocla, o general Pedro Labatut, Joana Angélica e Maria Quitéria, que se disfarçou de homem para lutar na guerra pela Independência.
 
Foto: Agência A Tarde (Maria Quitéria) 


Brasil Ecodiesel tenta fechar usina em Iraquara. Trabalhadores reagem

A Brasil Ecodiesel, empresa brasileira produtora de biodiesel, está tentando fechar a Usina instalada na cidade de Iraquara, 427km de Salvador, na região da Chapada Diamantina. A empresa vem retirando equipamentos imprescindíveis para o funcionamento da Unidade. A Brasil Ecodiesel recebeu diversos benefícios do município, como terreno, terraplanagem, poço artesiano e isenção de impostos.
Visando barrar a ação da empresa, os trabalhadores e o Sindicato dos Químicos realizam mobilizações na cidade. A fábrica foi paralisada e como reposta a empresa retaliou os empregados com demissões sumárias. De acordo com o Sindicato, a Brasil Ecodiesel está com um passivo trabalhista e ambiental considerável. Inclusive, o Sindicato ganhou uma ação na justiça no valor de R$ 350.000,00. Quanto à dívida ambiental, a empresa negligencia o tratamento de resíduos sólidos e líquidos resultantes do processo de transformação do biodiesel.
Para Josias Gomes (PT), pré-candidato a deputado federal, é um absurdo o que a Brasil Ecodiesel tem feito. “A empresa não pode se comportar assim. É preciso que haja responsabilidade. A população de Iraquara não pode pagar pela falta de preparo e capacidade de gestão dos administradores da empresa”, declara Josias. 
Histórico
A Brasil Ecodiesel perdeu o Selo Social por descumprir várias normas do programa. Sem o Selo Social, a empresa não pode participar dos leilões da ANP (Agência Nacional de Petróleo). A Unidade de Iraquara nunca funcionou em escala comercial, apenas em testes. A Empresa compra o óleo de soja da cidade de Luiz Eduardo Magalhães e Barreiras e o transforma em Biodiesel. Além de não adquirir produtos da agricultura familiar da região, a exemplo da mamona, para a produção do biodiesel.
Conflito
A administração da fábrica ameaça os trabalhadores com o uso de força policial para retirar equipamentos da fábrica, conforme denúncia do Sindicato. Os maquinários estão sendo transferidos para a unidade de Porto Nacional (TO), de acordo com comunicado interno da empresa. Os trabalhadores tentam inibir a retirada dos equipamentos, porém, a preocupação da categoria é que a empresa influencie a polícia agir contra os trabalhadores, ocasionando confronto e derramamento de sangue.
 
Foto: Divulgação/BE 


CPI: vice de Serra é responsável por causar prejuízo aos cofres públicos

O desconhecido deputado federal Índio da Costa (DEM-RJ), então candidato a vice de José Serra (PSDB-SP), foi indicado pela CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro como responsável por irregularidades na aquisição de merenda para escolas municipais da capital carioca, quando Índio era secretário de Administração.
 
A CPI concluiu que houve prejuízo aos cofres públicos na licitação realizada entre julho de 2005 e junho de 2006, sob a tutela do vice de Serra. A acusação é da vereadora tucana Andréa Gouvêa (PSDB-RJ), que presidiu a CPI. De acordo com Gouvêa, 99% do fornecimento da merenda ficaram concentrados numa única empresa, a Comercial Milano, que apresentou uma engenhosa combinação de preços em suas propostas. O valor da licitação foi de R$ 75.204.984,02.
 
Na opinião de Josias Gomes (PT-BA), pré-candidato a deputado federal na Bahia, a conturbada escolha do vice na chapa tucana demonstra o quanto a direita está atordoada. “Demoram em definir o vice e quando o fazem, o nome é revelado sob a suspeita de imposição e acusação até hoje sem explicação plausível. O fato de Serra baixar a cabeça e aceitar esse constrangimento é um forte indício do abatimento e decadência da candidatura tucana”, disparou o petista.
 
CPI
O relatório da CPI destaca que o “curioso” foi que a empresa Milano ofertou preços diferentes para o mesmo alimento. O preço do frango da proposta da Milano, por exemplo, para Santa Cruz, era cerca de 30 % mais caro do que o preço ofertado para Campo Grande. Detalhe: em Santa Cruz a Milano não teve concorrentes e em Campo Grande sim. Como ela soube da falta de concorrentes, um mistério. E a Prefeitura, comandada na época por César Maia (DEM-RJ) aceitou isso! Pagou à mesma empresa, pela mesma mercadoria, preços muito diferentes. Essa foi a característica geral dessa licitação: uma combinação de preços que otimizaram os ganhos de uma única empresa fornecedora em prejuízo dos cofres públicos.
 
A vereadora tucana ressaltou que como evidência incontestável do prejuízo aos cofres públicos, é que o pregão presencial adotado após a instalação da CPI pelo sucessor do secretário Índio, um ano depois, possibilitou uma economia de cerca de R$ 11 milhões na compra da mesma merenda escolar. Seguidor confesso do ex-prefeito do Rio de Janeiro, César Maia (DEM-RJ), Índio foi questionado e desmentido diversas vezes na Câmara de Vereadores pela tucana Andréa Gouvêa durante sessões na Casa Legislativa.


Fundos Econômico e Social e de Cultura recebem investimento de R$ 102 milhões

 
A Oi Telecomunicações e o governo estadual assinaram nesta quarta-feira (30) convênio para o investimento de R$ 102 milhões no Fundo de Cultura da Bahia (FCBA) e no Fundo de Investimento Econômico e Social da Bahia (Fies). Serão R$ 84 milhões para a área social e R$ 18 milhões para a cultura. Os valores podem ser deduzidos do saldo devedor do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) da empresa.
A assinatura do acordo foi realizada na Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), e teve a presença do governador Jaques Wagner, dos secretários da Fazenda, Carlos Martins, e da Cultura, Márcio Meirelles, e do presidente nacional da Oi, Luís Falcon. Durante a cerimônia, o governador parabenizou a empresa pela iniciativa e falou da importância de parcerias entre o Estado e a iniciativa privada.
“Nosso conceito de governar é compartilhar com a sociedade, e parte da sociedade corresponde às empresas. Acho fundamental que uma empresa de tecnologia, uma empresa de ponta como a Oi, que assume toda a nossa telefonia fixa e é uma grande pagadora de impostos, também faça parceria, principalmente na área de cultura, que tentamos incentivar muito”, explicou Wagner.
O presidente da Oi ressaltou a participação da empresa em políticas públicas da Bahia. “A Oi é a única empresa de telecomunicações brasileira e a gente acha que tem a responsabilidade de investir aqui. Temos uma parceria importante com o governo baiano e ficamos felizes em participar de algumas políticas públicas. Instalamos banda larga gratuita em 4,2 mil escolas estaduais e até o fim do ano completaremos a instalação em toda a rede pública do Estado. Também garantimos banda larga em 324 municípios e até o fim do ano vamos chegar a toda a Bahia. Hoje viemos dar nossa contribuição para o Fies e o Fundo de Cultura, que são áreas em que o Estado tem atuado bastante, melhorando a vida das pessoas”, declarou.
O Fies tem como objetivo alavancar o desenvolvimento social da Bahia, por meio de contribuições da iniciativa privada para os programas estaduais de investimento em infraestrutura e em ações sociais. As propostas são examinadas por um comitê de avaliação, ao qual competirá também receber as prestações de contas dos investimentos realizados e analisar seus resultados.
Já o FCBA é gerido pela Secretaria Estadual de Cultura (Secult) e tem entre seus objetivos incentivar e estimular a produção artístico-cultural baiana, custeando total ou parcialmente projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado e promover o livre acesso da população aos bens, espaços, atividades e serviços culturais.
Segundo Meirelles, os recursos implementam a economia da cultura baiana. “São recursos de fomento, que vão todo para a sociedade civil, para instituições e para produtores, dinamizando a economia da cultura do nosso estado”, disse.
 
Fonte: Agecom


Página 582 de 586« First...102030...580581582583584...Last »



Fotos

Fale Conosco

BRASÍLIA:

Câmara dos Deputados - Praça dos Três Poderes, Anexo IV, Gabinete 642 - Brasília-DF - CEP 70160-900

Telefone: +55 (61) 3215-3642 | 3215-4642 | 3215-5642 - Fax: (61)3215-2642

E-Mail: dep.josiasgomes@camara.gov.br

SALVADOR:

Av. Magalhães Neto, Nº 1752, Ed. Lena Empresarial, Sala 210 - Salvador-BA - CEP 41810-012

Ao lado da Morena Veículos

Telefone: +55 (71) 3012-1985 | 3013-1326

Licença Creative Commons